Mundo

Juncker considera o Brexit uma perda de tempo

Juncker considera o Brexit uma perda de tempo

O luxemburguês deverá deixar a presidência da Comissão no final de novembro.

Jean-Claude Juncker fez esta terça-feira o discurso de despedida no Parlamento Europeu, em Estrasburgo. Considera o Brexit uma perda de tempo e apela à luta contra o que chama de nacionalismos estúpidos.

No discurso de balanço do seu mandato (2014-2019), Juncker considerou que a sua Comissão cumpriu no essencial nas três grandes frentes que elegeu como prioritárias há cinco anos - o crescimento, o emprego e o investimento -, e lamentou que não tenha sido possível ir mais longe noutros domínios, como na política de refugiados ou na união bancária, apontando o dedo à falta de esforço dos Estados-membros.

  • A Justiça do Castigo
    26:54
  • Os 50 anos de carreira de José Mário Branco
    4:56