Mundo

A estratégia "leninista" de Boris Johnson e a "vitória absolutamente esmagadora"

A estratégia "leninista" de Boris Johnson e a "vitória absolutamente esmagadora"

As projeções à boca das urnas dão a vitória ao primeiro-ministro Boris Johnson, com o Partido Conservador a alcançar uma confortável maioria absoluta: 368 lugares no Parlamento contra 191 do Partido Trabalhista de Jeremy Corbyn.

Ricardo Costa fala numa "vitória absolutamente esmagadora" e explica porque é que estas projeções não enganam.

O enviado especial da SIC a Londres destaca a estratégia "leninista" de Boris Johnson, na qual evitou qualquer negociação, cedência ou compromisso, o que acabou por trazer sucesso.

Ricardo Costa diz ainda que Boris Johnson será um dos primeiros-ministros mais importantes da história de Inglaterra, uma vez que será aquele que vai levar o Reino Unido a sair da União Europeia.