Mundo

Cinco mortos devido a chuvas torrenciais no sul do Brasil

Ricardo Moraes

Vítimas são residentes de duas cidades de cerca de 15 mil habitantes, Iconha e Alfredo Chaves, localizadas em zonas rurais.

Cinco pessoas morreram na noite de sexta-feira na sequência de inundações e deslizamentos de terra provocados por chuvas torrenciais no estado brasileiro de Espírito Santo, sudeste do país, adiantaram os bombeiros.

"É com grande tristeza que comunicamos a morte de cinco pessoas devido às chuvas que se abateram no sul do nosso estado", escreveram na sua conta na rede social Twitter os bombeiros de Espírito Santo.

As vítimas são residentes de duas cidades de cerca de 15 mil habitantes, Iconha (dois mortos) e Alfredo Chaves (três mortos), localizadas em zonas rurais.

Em Alfredo Chaves, duas pessoas morreram depois de ficarem soterrados em lama na sua casa, na sequência de um deslizamento de terra.

Os danos materiais são consideráveis e alguns habitantes ficaram isolados, uma vez que a força das águas provocou a queda de pontes.

O prefeito de Iconha afirmou ao jornal local A Gazeta que "praticamente 100% dos estabelecimentos comerciais" foram destruídos pelas inundações.

De acordo com a AFP, as imagens que circulam nas redes sociais mostram ruas completamente inundadas e viaturas arrastadas pela corrente.
Num dos vídeos, refere ainda a AFP, é possível ver-se a água castanha a chegar praticamente ao teto de uma estação de serviço.