Mundo

Mãe vende cabelo para conseguir comprar três pacotes de arroz para os filhos

BBC

Depois do marido se suicidar, a indiana ficou com várias dívidas.

Uma indiana de 31 anos vendeu o cabelo por 150 rupias (cerca de 1,90 euros) para poder alimentar os filhos. Depois do suicídio do marido, a mulher ponderou tirar a própria vida por não ter como pagar aos credores.

Depois da morte do marido, Prema tornou-se a única fonte de rendimento da família, com dois filhos para cuidar e vários empréstimos para pagar a credores locais - em Salem, em Tamil Nadu - e vizinhos.

O estado de saúde debilitado impedia-a muitas vezes de ir trabalhar numa fábrica de tijolos onde recebia 200 rupias por dia (cerca de 2,50 euros) e, em profundo desespero, decidiu tentar suicidar-se, mas foi travada pela irmã.

Sem dinheiro ou bens que pudesse vender para conseguir alimentar os filhos, Prema lembrou-se, depois de uma das crianças voltar da escola a chorar de fome, de vender o seu cabelo.

“Não tinha nada para dar. Isso fez-me sofrer, partiu o meu coração. Pensei qual seria o sentido de viver se não posso alimentar os meus próprios filhos? (…) Lembrei-me de uma loja que comprava cabelo. Fui lá e vendi o meu todo por 150 rupias” contou à BBC.

Com o dinheiro conseguiu comprar três pacotes de arroz.

A ajuda chegaria mais tarde, através de Bala Murugan - dono de uma empresa de computação gráfica - que cresceu com as mesmas dificuldades. Ofereceu a Prema 120 mil rupias (cerca de 1.500 euros) para comprar comida.

“Num dia arrecadei 120 mil rupias. Quando contei à Prema, ficou muito feliz e disse que era o suficiente para pagar a maior parte do empréstimo” contou Bala.

O homem disse ainda que vai continuar a apoiar a família. Já Prema mostrou-se impressionada com a ajuda que recebeu de desconhecidos e afirma que suicidar-se teria sido a “decisão errada”.