Mundo

Desapareceu o misterioso monólito de metal do deserto do Utah

Utah Department of Public Safety

Localização do objeto foi mantida em segredo.

Na semana passada, as autoridades norte-americanas encontraram um misterioso monólito de metal no meio do deserto, no Utah. A descoberta gerou teorias sobre a intervenção de extraterrestres e captou a atenção de vários curiosos, que decidiram visitar o local.

Agora, o mistério adensa-se, depois do objeto ter desaparecido. As autoridades norte-americanas informam apenas que a estrutura foi removida algures durante a noite de sexta-feira, mas desconhecem por quem.

A descoberta aconteceu a 18 de novembro, quando funcionários do Departamento de Segurança Pública do Utah estavam a sobrevoar aquele deserto de helicóptero numa missão para a Divisão de Recursos da Vida Selvagem, quando um dos biólogos detetou o artefacto de metal.

O objeto, encontrado no meio das pedras vermelhas características daquela zona do Utah, tinha cerca de três metros de altura e parecia lá ter sido plantado, segundo o piloto do helicóptero.

Localização do objeto foi mantida em segredo

A localização do monólito foi mantida em segredo pelas autoridades para evitar que indivíduos mais curiosos se perdessem numa zona remota como o deserto do Utah. Mas isso não impediu que a localização, mantida em segredo, fosse descoberta por alguns exploradores.

David Surber foi um deles. Decidido a verificar se as coordenadas que estavam a ser divulgadas nas redes sociais correspondiam ao local do monólito, lançou-se à aventura. Quando chegou ao local indicado pelo GPS, era, de facto, o sítio que procurava.

Depois da sua visita contou na rede social Reddit contou que o monólito não era magnético e soava como uma caixa de cartão quando lhe bateu com a mão.

“No fim de contas, quer seja de autoria extraterrestre ou uma obra de um artista, o monólito tornou-se uma oportunidade para milhares de pessoas se unirem sobre algo positivo. Foi uma boa escapadela de toda a negativade que estamos a viver em 2020”, contou à CNN.

Entretanto, as autoridades norte-americanas explicaram que a investigação de crimes que envolvam propriedade privada fica a cargo do gabinete local do xerife. O Departamento de Gestão de Terras está a decidir se vai ou não abrir uma investigação ao caso.