Mundo

"Ataque ao Capitólio agora é diferente do que seria há um ou há dois anos"  

Ricardo Costa, diretor de informação da SIC sobre o incidente desta sexta-feira no Capitólio norte-americano. 

Ricardo Costa, diretor de informação da SIC, refere que, neste momento, ainda se sabe "muito pouco" sobre o incidente desta sexta-feira no Capitólio dos Estados Unidos.

Diz que as autoridades têm de perceber quem é o suspeito e refere que algumas televisões norte-americanas dizem que o homem terá morrido. No entanto, ainda não há confirmação oficial.

No Jornal das 7 da SIC Notícias, considera que um ataque ao Capitólio "agora é diferente do que seria há um ou dois anos", uma vez que, desde as últimas eleições norte-americanas, em que Donald Trump foi derrotado, ele e os apoiantes criaram uma ideia que as presidenciais foram fraudulentas.

O diretor de Informação da SIC lembra ainda que as acusações de fraude "caíram por terra" de forma "absolutamente inequívoca" e que Trump foi banido das redes sociais.

O Capitólio em Washington foi esta sexta-feira encerrado, depois de um veículo avançar contra polícias na entrada do complexo. O condutor estaria armado com uma faca, com a qual terá atacado um polícia, de acordo com os media norte-americanos.

O carro avançou contra dois polícias, que ficaram feridos e tiveram de ser levados para o hospital.