Mundo

Califórnia regista temperatura mais alta de sempre. Termómetros chegam aos 56 graus no Vale da Morte

Vaga de calor, que está a atingir o continente americano, afeta também outros países, onde se tem registado os dias mais quentes de que há memória.

Pelo terceiro dia consecutivo os termómetros registaram temperaturas superiores a 54 graus num dos locais mais quentes do planeta. Este domingo chegaram aos 56 graus no Vale da Morte, na Califórnia, um novo recorde de temperatura máxima.

A vaga de calor que está a atingir o oeste dos Estados Unidos não dá tréguas e os incêndios continuam a queimar milhares de hectares de mato e a destruir casas e campos agrícolas.

As chamas também consumiram diversas linhas de alta tensão e na Califórnia, Nevada e Oregon há milhões de pessoas em risco de ficarem sem eletricidade, numa altura em que os ares condicionados são essenciais para manter os espaços mais frescos.

No Canadá, as temperaturas altas cozeram, literalmente, mais de mil milhões de crustáceos e outros animais marinhos.

Na Colúmbia Britânica os termómetros passaram todos os recordes registados, naquela que já é considerada a pior vaga de calor de sempre.

Na Rússia, também a sofrer com a vaga de calor, este domingo foi um dos dias mais quentes de que há registo. Já os espanhóis, apesar de estarem habituados às temperaturas mais altas, passaram o fim de semana à procura de locais mais frescos.