Mundo

Covid-19. Pressão hospitalar em França continua a aumentar

Benoit Tessier

O país contabiliza 7.409 doentes internados, dos quais 1.099 doentes estão em cuidados intensivos.

A pressão hospitalar causada pela covid-19 continua a crescer em França, onde, nas últimas 24 horas, foram internadas mais 91 pessoas, das quais 24 nos cuidados intensivos, anunciaram este sábado as autoridades sanitárias daquele país.

Segundo os dados oficiais, França contabiliza estes sábado 1.099 doentes hospitalizados nos cuidados intensivos, enquanto 43 morreram devido à infeção do coronavírus Sars-CoV-2 desde sexta-feira.

Os hospitais registam, no total, 7.409 doentes de covid-19, acrescentaram as autoridades, sublinhando que a maioria dos pacientes que estão internados não está vacinada.

A situação é particularmente tensa nas províncias francesas não continentais, onde o nível de vacinação é mais baixo.

Em Martinica, foi adotado um novo confinamento da população para conter a curva ascendente de contágios, ao mesmo tempo que começam a ser transferidos doentes para a metrópole em aviões médicos, e noutras ilhas das Caraíbas foi imposto o recolhimento obrigatório.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.202.179 mortos em todo o mundo, entre mais de 196,5 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France-Presse, divulgado na sexta-feira.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Veja mais: