Mundo

Cheias na China. Último balanço aponta para mais de 300 mortos

Stringer .

Há ainda mais de 50 pessoas desaparecidas.

Mais de 300 pessoas morreram por causa das cheias na China e mais de 50 estão desaparecidas. É o mais recente balanço das fortes tempestades que atingiram o centro do país há duas semanas.

O número de mortes anteriormente divulgado pelas autoridades chinesas era de cerca de uma centena, ou seja, um terço do número agora avançado.

As chuvas torrenciais deixaram partes do metro da província de Henan e um túnel rodoviário submersos. As ruas ficaram completamente alagadas.

Escavadoras ajudam a resgatar pessoas na China

A chuva já deu tréguas, mas as ruas da da província de Henan parecem autênticos rios. A força e a quantidade de água dos ultimos dias destruiu sonhos de uma vida.

As retroescavadoras continuam no terreno a resgatar pessoas que ficaram encurraladas pelas enchentes.