Mundo

Chamas do vulcão Cumbre Vieja avistadas perto de campo de futebol na ilha de La Palma

Aeroporto de La Palma permanece aberto, mas pelo menos 11 voos foram cancelados.

As chamas provocadas pela lava do vulcão Cumbre Vieja foram avistadas perto de um campo de futebol, na ilha de La Palma, esta quinta-feira.

O aeroporto de La Palma permanece aberto, mas pelo menos 11 voos foram cancelados e e há registo de vários atrasos.

Os habitantes assistem impotentes à força do Cumbre Vieja que não dá tréguas há 26 dias. As autoridades das Canárias decidiram retirar, esta quinta-feira, entre 250 e 300 novos habitantes de casa. Na quarta-feira à noite teve lugar outra evacuação, que afetou cerca de quinze residentes. Anteriormente, o avanço do novo deslizamento de terras que se formou nos últimos dias a norte da estrada principal forçou a retirada de outros 800 residentes do bairro de La Laguna.

Um total de 60 sismos foram registados na ilha de La Palma (Canárias) desde as 00:00 desta quinta-feira, um deles de 4,5 graus, o maior sentido até agora desde que a erupção do vulcão começou. Três dos 60 terramotos registados foram sentidos pela população.

No total, a erupção do Cumbre Vieja, que começou em 19 de setembro, já provocou a evacuação de cerca de 7.000 pessoas, algumas das quais perderam tudo o que tinham à passagem da corrente de lava.

A lava já destruiu mais de 680 hectares de terreno, muitas plantações agrícolas, sobretudo de banana, um dos rendimentos dos habitantes de La Palma e já afetou 1.541 construções, das quais 1.458 foram destruídas.

O vulcão Cumbre Vieja não vai dar tréguas a curto ou médio prazo, indicam os cientistas. Uma nuvem de dióxido de enxofre emitido pelo vulcão já chegou à Península Ibérica e deve ficar na atmosfera pelo menos até esta sexta-feira.

Veja também: