Mundo

Blinken confiante com fim de veto da Turquia à adesão da Suécia e Finlândia à NATO

19.05.2022 00:02

U.S. Secretary of State Antony Blinken meets with Turkish Foreign Minister Mevlut Cavusoglu at the United Nations Wednesday, May 18, 2022. (Eduardo Munoz/Pool via AP)

Antony Blinken salientou que Washington está a trabalhar para garantir o sucesso do processo de expansão da NATO.

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, reuniu-se esta quarta-feira nas Nações Unidas com o ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu, que forneceu sinais contraditórios sobre a posição de Ancara face ao pedido de adesão dos países nórdicos à NATO. Após a conversa, Blinken diz estar confiante sobre o fim do veto da Turquia à adesão da Finlândia e Suécia à NATO.

“Os EUA, a Turquia e todos os nossos aliados têm sido categóricos no apoio à Ucrânia e queremos que esta agressão da Rússia termine”, reforça o secretário de Estado norte-americano.

Sem abordar diretamente as declarações do chefe de Estado turco, Antony Blinken salientou que Washington está a trabalhar para garantir o sucesso do processo de expansão da NATO.

Por um lado, o ministro dos Negócios Estrangeiros turco assegurou que o seu país apoia uma política de “portas abertas” da NATO e a compreensão do desejo da Finlândia e da Suécia em ingressarem na Aliança Atlântica após a invasão russa da Ucrânia.

No entanto, também repetiu as exigências do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, sobre as preocupações de segurança por parte da Turquia em caso de adesão.

O possível veto de Erdogan que pode inviabilizar as novas entradas na NATO, visto que têm de ser alcançado um consenso entre os 30 membros, pode também expor a potencial fraqueza que Putin tem procurado explorar no passado.

SAIBA MAIS

Últimas Notícias