Mundo

Nova medida obriga lojas francesas a fechar as portas sempre que ligam o ar condicionado

Nova medida obriga lojas francesas a fechar as portas sempre que ligam o ar condicionado

Utilização de luzes de néon também vai ser limitada com o objetivo de poupar energia.

As lojas em França terão de fechar as portas quando utilizarem ar condicionado e vão ter de limitar a iluminação de néon numa tentativa de reduzir o desperdício de energia, garantiu a ministra da Transição Ecológica Agnes Pannier-Runacher ao Journal du Dimanche, citada pela BBC.

Estas regras, já em vigor em algumas regiões francesas, serão implementadas em toda a França, disse a ministra da Transição Ecológica, numa altura em que os custos da energia na Europa têm subido significativamente desde a invasão russa da Ucrânia.

As lojas serão multadas até 750 euros por violarem a regra do ar condicionado. Esta medida vai proibir as lojas de manter as portas abertas enquanto o sistema de ar condicionado estiver ligado. Segundo a ministra Agnes Pannier-Runacher deixar as portas abertas quando o ar condicionado está ligado é "absurdo", revelou a própria à estação de rádio local a RMC.

A ministra da Transição Ecológica garantiu ao Journal du Dimanche que irá emitir nos próximos dias dois decretos sobre desperdício de energia:

"O primeiro irá alargar a proibição de publicidade iluminada, qualquer que seja o tamanho da cidade, entre a 01:00 e as 06:00". "O segundo proibirá as lojas de terem as suas portas abertas enquanto o ar condicionado e o aquecimento estiverem a funcionar", anunciou Agnes.

A proibição de letreiros de néon já está em vigor em áreas com uma população inferior a 800.000 habitantes, já os aeroportos e as estações estão isentas de tal medida.

A Shell avisou que o racionamento de energia não pode ser excluído na UE, uma vez que a região luta para lidar com as perturbações no fornecimento de gás proveniente da Rússia.

À semelhança de vários países europeus a França atravessa um período de temperaturas acentuadas, o que faz com que a procura de ares condicionados aumente.

Últimas Notícias
Mais Vistos