Mundo

Europa enfrenta calor, seca extrema e incêndios

Loading...
A França enfrenta uma situação catastrófica com mais de 50 mil hectares ardidos.

Com a Europa a atravessar um verão com temperaturas máximas, os cenários de seca e de incêndios têm preocupado as populações.

No sudoeste de França, mais de 10 mil pessoas tiveram de fugir de casa devido aos fogos. O país enfrenta uma época de incêndios catastrófica, avalia um especialista ouvido pela agência Lusa, considerando que o país pode estar a viver o seu pior ano de sempre, com mais de 50 mil hectares já consumidos.

França conta com mais de 250 mil bombeiros, entre os quais cerca de 20 por cento são profissionais, e cerca de 25 aviões de combate aos incêndios, entre eles 12 Canandair, segundo Gerald Darmanin.

Na vizinha Alemanha, a seca está a deixar as águas do rio Reno em níveis alarmantes e podem colocar em causa a navegabilidade de um dos mais importantes rios da Europa. A situação levou as autoridades de Berlim a alertarem as empresas e indústrias que a situação vai piorar nos próximos dias.

No Reino Unido, que enfrenta o verão mais secos dos últimos 50 anos, há localidades onde já há falta de água para consumo.

Na Sérvia, os peixes do rio Danúbio está em risco e o nível da água muito baixo tem deixado peixes mortos nas margens.

Últimas Notícias
Mais Vistos