Mundo

O papel das alterações climáticas no aparecimento de novos vírus

Loading...
Langya henipavírus, recém-identificado na China, infetou 35 pessoas, cujos sintomas se manifestaram entre 2018 e 2021.

O vírus recém-identificado na China, a que os cientistas chamaram Langya henipavírus (LayV), infetou 35 pessoas, cujos sintomas se manifestaram entre 2018 e 2021, segundo um estudo publicado em 4 de agosto com os resultados.

O Langya pertence à família de outros henipavírus que provocam problemas respiratórios e neurológicos, com altas taxas de mortalidade, como o Hendra e o Nipah, que já foram responsáveis por surtos e infeções graves na Ásia e na região do Pacífico.

O virologista Paulo Paixão explica que, cada vez mais, as alterações climáticas vão favorecer o aparecimento de novos vírus como o Langya.

O estudo sugere que o musaranho (pequeno roedor parecido com um rato) pode ser o reservatório natural do vírus e que a infeção nos humanos pode ser esporádica, uma vez que não houve contacto próximo ou histórico de exposição comum entre os doentes.

Últimas Notícias
Mais Vistos