Mundo

China anuncia novas sanções contra Taiwan e separatistas 

Loading...
Delegação norte-americana visitou a ilha 

A tensão entre a China e Taiwan continua a aumentar. Pequim anunciou novas sanções e retomou as manobras militares ao redor de Taiwan.

Os separatistas passam a estar impedidos de entrar na China continental, Hong Kong e Macau, acusados de terem o apoio de forças estrangeiras para defender a independência da ilha.

É a resposta à visita de uma delegação de cinco congressistas norte-americanos ao país, 12 dias depois de Nancy Pelosy visitar a ilha.

O Presidente russo, Vladimir Putin, acusou os Estados Unidos da América de estarem a tentar instigar um potencial conflito na Ásia.

A China e Taiwan são territórios autónomos desde 1949.

Apesar da maioria dos 23 milhões de habitantes se opor à unificação política com a China, Pequim continua a considerar Taiwan como parte do seu território.

Últimas Notícias
Mais Vistos