Mundo

Televisão Pública de Angola ignora reação de Adalberto Costa Júnior aos resultados das eleições

Televisão Pública de Angola ignora reação de Adalberto Costa Júnior aos resultados das eleições
JOHN WESSELS

População exige provas à Comissão Nacional de Eleições de Angola de que o MPLA venceu.

A Televisão Pública de Angola ignorou a intervenção de Adalberto Costa Júnior, candidato da UNITA. Durante a reação do partido aos resultados apresentados pela Comissão Nacional Eleitoral (CNE), o canal esteve a transmitir um segmento de análise desportiva.

Em Luanda, Angola, a população pede por uma “verdadeira democracia”. Os angolanos continuam a exigir provas dos resultados provisórios das eleições apresentados pela CNE.

O presidente [da UNITA] Adalberto Costa Júnior mostrou um relatório deferente do que a CNE mostrou e que, como temos de seguir a legalidade, então esperamos, como jovens, que a CNE traga as listas e as apresente com factos convincentes de que realmente o MPLA ganhou”, disse um jovem angolano à SIC Notícias, acrescentando que desejam “uma verdadeira democracia”.

Loading...

Além dos resultados, o jovem critica também as declarações de João Lourenço sobre a suposta existência de mortos nas listas da CNE.

O presidente [João Lourenço], em discursos que fez, disse que existem na lista da CNE mortos que podiam votar, mas que a oposição não podia preocupar-se como isso porque mortos não votam. Mas como Presidente da República, isso não seria o posicionamento certo, porque estaria a falar por Angola. Embora os mortos não votem, isso constitui uma ilegalidade”, afirma.

Últimas Notícias
Mais Vistos