Mundo

Mistério de Nefertiti pode estar prestes a ser desvendado

Mistério de Nefertiti pode estar prestes a ser desvendado
Stuart Westmorland

Arqueólogo aclamado promete revelações nos próximos dois meses.

Um aclamado arqueólogo e antigo ministro egípcio afirma que pode ter descoberto a localização da múmia de Nefertiti, mãe de Tutankhamon e Rainha da XVIII dinastia do Antigo Egito.

Em declarações à imprensa, Zahi Hawass, antigo ministro egípcio das Antiguidades diz ter a certeza que revelará a múmia de Nefertiti “dentro de um ou dois meses”.

O especialista tem vindo a escavar túmulos antigos no Egito há vários anos e na sua expedição mais recente, que começou em dezembro de 2021, encontrou duas múmias que ainda estão por identificar.

“Tenho a certeza de que revelarei qual das duas múmias sem nome poderá ser Nefertiti”, disse agora o arqueólogo.

Alguns historiadores acreditam que Nefertiti já foi encontrada e está atualmente no Museu Egípcio do Cairo, mas a teoria não é aceite por todos na comunidade de arqueologia.


O mistério de Nefertiti


Nefertiti acompanhou o seu marido - o faraó Akhenaton - durante o reinado, mas por volta de 1334 desaparece e não volta a ser mencionada em referências escritas.

Uma possibilidade é que tenha falecido vítima da praga que assolou o Mediterrâneo no reinado de Akhenaton, mas não há qualquer referência à sua morte em lado nenhum. Outra teoria aponta que tenha assumido uma identidade masculina - Semenkharé - após a morte do faraó para lhe suceder.

Uma terceira hipótese aponta que Nefertiti tenha caído em desgraça e no esquecimento.

Últimas Notícias
Mais Vistos