Mundo

Fugas nos gasodutos Nord Stream causadas por "fortes explosões"

Loading...

As investigações da polícia dinamarquesa e da polícia sueca dizem que gasodutos foram provocados por explosões, atribuídas a sabotagem.

As investigações da polícia dinamarquesa chegaram às mesmas conclusões que a polícia sueca já tinha chegado: os danos nos gasodutos da Nord Stream foram provocados por explosões, atribuídas a sabotagem.

A imprensa escandinava revelou, esta terça-feira, imagens do que diz ser uma cratera de pelo menos 50 metros no gasoduto Nord Stream 1, a conduta de gás natural com mais de 1.200 quilómetros que vai da Rússia até à Alemanha.

As imagens subaquáticas foram divulgadas por um dos maiores jornais suecos e mostram a infraestrutura que foi afetada por explosões a 26 de setembro.

Três semanas depois, a investigação preliminar da polícia dinamarquesa concluiu que a causa das fugas de gás no fundo do Mar Báltico foram "fortes explosões".

Estas são as primeiras novidades conhecidas relativas à investigação preliminar das fugas de gás no gasoduto Nord Stream. Este caso está a ser investigado como ato de sabotagem.

Últimas Notícias
Mais Vistos