Mundo

Porque estão a ser vandalizadas obras famosas?

Loading...

São várias as obras que têm sido vandalizadas nos últimos dias por ativistas ambientais.

Depois de Van Gogh e Monet, o alvo dos ativistas pelo ambiente foi a estátua de cera do Rei Carlos III no Madame Tussauds, em Londres. Já são várias as obras famosas vandalizadas por ativistas ambientais nos últimos dias.

O alvo desta segunda-feira foi a estátua de cera do Rei Carlos III, em exposição no museu Madame Tussauds, em Londres. Dois ativistas do grupo "Just Stop Oil" atiraram bolo de chocolate à figura de cera do monarca e acabaram por ser detidos, juntamente com mais dois elementos do grupo.

O episódio não foi caso único. O mesmo aconteceu com o quadro de Van Gogh, vandalizado com sopa de tomate num museu em Londres.

Na Alemanha, o movimento inspirou dois ativistas que atiraram puré de batata a um quadro do pintor francês Monet em exposição em Berlim.

A onda de manifestações ocorre após uma nova ronda de licenciamento do Governo britânico para a exploração de petróleo ou gás no Mar do Norte. O grupo ambientalista "Just Stop Oil" defende que a medida prejudica o compromisso do Reino Unido no combate às alterações climáticas.

O movimento tem angariado apoiantes por toda a Europa, que escolhem os museus e galerias de arte para chamar a atenção para o problema. Numa altura em que se aproxima a Cimeira do Clima da ONU, cujo objetivo é o reforço do compromisso na redução de emissões de gases com efeito de estufa.

Últimas Notícias
Mais Vistos