Mundo

Barack Obama alerta para clima político "perigoso" nos EUA

Barack Obama alerta para clima político "perigoso" nos EUA
Gene J. Puskar
Joe Biden e o antecessor republicano, Donald Trump, entraram na reta final para as eleições intercalares.

O antigo Presidente norte-americano alertou este sábado para as divisões que alimentam um "clima perigoso" na política dos EUA. Barack Obama apela à eleição dos democratas, três dias antes das eleições intercalares, que determinarão o controlo do Congresso.

As maiores figuras políticas norte-americanas dos últimos anos, Barack Obama, Joe Biden e Donald Trump estão na Pensilvânia, em campanha pelos candidatos ao Senado. Do lado dos democratas, apresenta-se John Fetterman e a concorrer para governador está Josh Shapiro. A representar o partido republicano, está o cirurgião e celebridade televisiva Mehmet Oz.

Num discurso dirigido aos apoiantes no centro de Pittsburg, Obama disse que o ataque de motivação política da semana passada ao marido de Nancy Pelosi foi uma retórica de ódio por parte dos opositores.

"Este hábito que temos de demonizar os oponentes políticos, de dizer coisas loucas, cria um clima perigoso", disse Obama, sem se referir diretamente aos republicanos.

“Temos políticos que trabalham não para juntar as pessoas, mas para agitar a divisão e para nos enfurecerem e nos amedrontarem uns aos outros para o próprio benefício, para que possam tomar o poder”, sublinha.

Os republicanos afirmaram que os democratas também se envolveram em violência política, citando os protestos antirracistas generalizados que abalaram o país em 2020.

Entretanto, Donald Trump está preparado um discurso para apoiar o nomeado para o senado, Oz.

A poucos dias das eleições intercalares, Biden e Trump têm intensificado as suas aparições em campanhas eleitorais, num último esfoço para captar o eleitorado.

Últimas Notícias