Mundo

Comboio viaja da Coreia do Norte para a Rússia e suspeita-se que terá transportado armas

Comboio viaja da Coreia do Norte para a Rússia e suspeita-se que terá transportado armas
PLANET LABS PBC
Existem suspeitas de que terá transportado armas.

Um comboio cruzou a fronteira entre a Coreia do Norte e a Rússia, na sexta-feira, levantando as suspeitas de que terá transportado armas.

A deslocação aconteceu dois dias após os Estados Unidos da América anunciarem que existem informações de que a Pyongyang está a fornecer secretamente à Rússia projéteis de artilharia para a guerra na Ucrânia.

Um centro de investigação norte-americano divulgou as imagens de satélite, que mostram o movimento do comboio que atravessou a ponte de Tumangang - a única ligação terrestre entre os dois países e que terá sido fechada em fevereiro de 2020, durante a pandemia de covid-19.

PLANET LABS PBC
PLANET LABS PBC

O projeto "38 North", que monitoriza os desenvolvimentos da Coreia do Norte, adiantou que esta foi a primeira vez que foi detetado um movimento do género em vários anos.

"É impossível determinar o propósito do comboio a partir das imagens, mas a travessia acontece numa altura em que surgem relatos de vendas de armas da Coreia do Norte à Rússia", disse o "38 North", citado pela agência Reuters.

Em setembro, a Coreia do Norte disse que nunca forneceu armas à Rússia e que não tinha intenções de o fazer.

Na quarta-feira, o serviço veterinário da Rússia informou que um comboio carregado de cavalos tinha atravessado a fronteira.

Últimas Notícias