Mundo

Oposição turca espera retirar Erdogan do poder com ajuda de sociólogo e economista

Oposição turca espera retirar Erdogan do poder com ajuda de sociólogo e economista
MICHAL CIZEK

“Chegou a hora de mudar o destino do país”, disse o líder da maior formação de oposição na Turquia.

O sociólogo Jeremy Rifkin e o economista Daron Acemoglu vão integrar um comité de 70 especialistas que vão ajudar a oposição a tentar retirar do poder o atual Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, nas eleições de 2023.

O anúncio foi feito em Ancara por Kemal Kiliçdaroglu, líder do Partido Popular Republicano, a maior formação de oposição na Turquia, que concorre em aliança com outros cinco partidos nas eleições gerais de junho de 2023.

"Chegou a hora de mudar o destino do país", disse Kiliçdaroglu ao apresentar a milhares de simpatizantes a equipa que assessorará a preparação do programa eleitoral da oposição.

Além de encerrar as duas décadas do Governo de Erdogan, a aliança da oposição visa mudar a Constituição para que o país volte a um sistema parlamentar democrático, em vez do atual presidencialista.

"A solução não passa por substituir um único homem no poder", disse o político social-democrata.

Lembrou ainda que a sua proposta visa reduzir os poderes do chefe de Estado, que atualmente é também chefe de Governo, a meras funções representativas, e que um primeiro-ministro assuma a responsabilidade do Executivo.

O comité de especialistas em busca de uma “nova Turquia”

Para moldar uma "nova Turquia", Kiliçdaroglu anunciou a formação de um comité de 70 especialistas turcos e estrangeiros que também aconselhariam o novo Governo, no caso de a aliança de oposição conseguir vencer as eleições.

Entre os assessores, destaca-se o sociólogo e economista norte-americano Rifkin, que, numa intervenção por videoconferência no mesmo evento, destacou a necessidade de avançar em medidas contra as mudanças climáticas.

"Nos próximos 20 anos vamos produzir energia com o sol, o vento e os oceanos", declarou o conhecido especialista, autor do livro "O Fim do Trabalho".

Entre os numerosos líderes que Rifkin assessorou, destacam-se o ex-Presidente do Governo espanhol José Luis Rodríguez Zapatero (socialista), ou a conservadora ex-chanceler da Alemanha Angela Merkel.

Entre os membros do comité está o economista Daron Acemoglu, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

"Faremos da Turquia um país que, com instituições reconstruídas, será um centro de paz e prosperidade na sua região", disse Kiliçdaroglu.

Últimas Notícias
Mais Vistos