Mundo

Navio espião russo patrulha a costa do Havai

Guarda Costeira dos Estados Unidos da América está a monitorizar o navio. "Não sei dizer por que os russos estão a navegar agora, é um momento um bocado instável", explicou uma porta-voz do Pentágono.

Um navio espião russo está a patrulhar a costa do estado norte-americano do Havai, informou quinta-feira o Pentágono, dizendo que está a ser monitorizado pela Guarda Costeira.

"Não sei dizer por que os russos estão a navegar agora, é um momento um bocado instável", disse a porta-voz do Pentágono, Sabrina Singh.

Singh adiantou que a Guarda Costeira está a monitorizar o navio, que opera em águas internacionais.

"Não detetámos nenhum comportamento inseguro ou não profissional e esperamos que os russos operam na região de acordo com a lei internacional", ressalvou.

Num vídeo publicado pela Guarda Costeira norte-americana, o navio parece estar a ser rebocado por outra embarcação ou em modo de reabastecimento.

"O Comando do Indo-Pacífico dos EUA está a monitorizar as embarcações russas que operam em águas internacionais no Pacífico Ocidental", referiu o Pentágono em comunicado. “Como a Rússia opera na região, espera-se que o faça segundo o direito internacional.”

Embora a aparição de um navio espião russo ao largo da costa norte-americana não seja incomum, este atraiu uma atenção redobrada por causa das tensões entre Estados Unidos e Rússia devido à guerra na Ucrânia.

Últimas Notícias
Mais Vistos