Análise

"Estado está a falhar com a palavra dada" ao comprador do Novo Banco

Parlamento aprovou proposta do BE que anula a transferência de 476 M€ do Fundo de Resolução do Novo Banco.

O Parlamento aprovou na quarta-feira à noite a proposta do Bloco de Esquerda de alteração ao Orçamento do Estado que anula a transferência de 476 milhões de euros do Fundo da Resolução destinada ao Novo Banco, com votos favoráveis do PSD, BE, PCP e PAN. O texto foi viabilizado apesar dos votos contra do PS, Chega e Iniciativa Liberal.

"No fim desta história, o Estado português vai perder e nós contribuintes vamos pagar muito mais"

José Gomes Ferreira explica que a proposta do Bloco de Esquerda faz com que o Estado falhe os compromissos assumidos com o comprador do Novo Banco.

José Gomes Ferreira avança que as necessidades de financiamento do Novo Banco não são de 476 milhões. "Quando se fechar o ano e fizerem as contas, O Novo Banco vai estar a dizer que precisa de 900 milhões", afirma.


"No fim desta história, o Estado português vai perder e nós contribuintes vamos pagar muito mais. É o fim da linha. E ainda vamos pagar mais do que os 900 milhões que o Novo Banco vai pedir", lamenta.