País

Crianças desaparecidas: caso mais antigo tem quase 40 anos

Crianças desaparecidas: caso mais antigo tem quase 40 anos

Para já, ainda não se sabe o que aconteceu a Martim, a criança de dois anos desaparecida esta segunda-feira, em Ourém. Estas situações não são comuns em Portugal, mas já aconteceram. O caso mais antigo tem 37 anos: Sofia Bondoso desapareceu com dois anos e meio em Algés e nunca mais apareceu.