País

Paula Brito da Costa não fará declarações nos próximos "dias, semanas ou meses"

Paula Brito da Costa não fará declarações nos próximos "dias, semanas ou meses"

Após as buscas à residência de Paula Brito da Costa, esta quinta-feira, o advogado falou com os jornalistas para dizer que "não é previsível" que nos próximos "dias, semanas ou meses", tanto o advogado como a antiga presidente da Raríssimas, prestem declarações à comunicação social. Pedro Cunha diz que vão prestar declarações apenas às autoridades encarregues do caso.

  • Paula Brito da Costa constituída arguida no processo da Raríssimas
    0:54

    País

    Paula Brito da Costa foi constituída arguida no âmbito da operação Raríssimas desenvolvida pela Polícia Judiciária e Ministério Público. A informação foi avançada esta quinta-feira pela Procuradoria-Geral da República, que confirmou ainda as buscas que estão a decorrer na Casa dos Marcos, na residência da antiga presidente da Raríssimas, e na residência do ex-secretário de Estado Manuel Delgado.

  • Advogado de Paulo Brito da Costa chamado à sua residência
    0:23

    País

    A repórter Ana Margarida Póvoa esteve junto à residência de Paula Brito da Costa, onde estiveram os elementos da Polícia Judiciária a fazer buscas. A repórter da SIC teve oportunidade de falar com o advogado da ex-presidente da Raríssimas, que disse apenas que estava ali a pedido de Paula Brito da Costa. Pedro Cunha recusou-se a responder a mais questões. Segundo a repórter, os elementos da Polícia Judiciária saíram da residência com sacos com documentos.