País

Ordenados em atraso e funcionários com fome nos bombeiros de Constância

Ordenados em atraso e funcionários com fome nos bombeiros de Constância

O comandante Adelino Gomes confirma que instituição tem 400 mil euros para receber em transportes de doentes, mas não consegue cobrar aos hospitais públicos para pagar despesas.

  • Karl Lagerfeld, o estilista que dizia às modelos para irem para conventos
    2:26
  • Interdição do Estádio da Luz em destaque no Tempo Extra
    0:33