País

Vítima de violência doméstica de processo revisto por Neto de Moura lamenta decisão do juiz

Vítima de violência doméstica de processo revisto por Neto de Moura lamenta decisão do juiz

O Conselho de Ministros anunciou esta quinta-feira a criação de um grupo de trabalho para a violência doméstica. 

A mulher, vítima de violência doméstica do último processo revisto pelo juiz Neto de Moura, não compreende como foi possível o agressor ficar sem pulseira eletrónica.