País

Apenas 1% das vagas em residências universitárias estão aptas para deficientes

Denis Balibouse

Em mais de 15 mil lugares em alojamentos para estudantes, apenas 155 camas estão preparadas para este tipo de alunos.

De acordo com o jornal Público, que teve acesso aos dados inquérito às necessidades educativas especiais no Ensino Superior, há cada vez mais alunos com algum tipo de limitação nas universidades.

Só este ano, a Direção-geral de Estatísticas da Educação diz que o número subiu 17%.

O Público escreve ainda que, ao contrário do que acontece na lei geral dos equipamentos sociais não há nenhum diploma que estabeleça uma percentagem mínima de quartos adaptados a estudantes com deficiência quando são construídas residências universitárias.