País

Presidente da Câmara da Maia e vereador perdem mandato por ordem do tribunal

Na origem do processo está o pagamento pelo município de dívidas fiscais de uma empresa municipal.

O Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto determinou a perda de mandato do presidente da Câmara da Maia, António Silva Tiago, e do vereador Mário Nuno Neves.

O presidente da Câmara da Maia é acusado de seis crimes.

Na origem do processo está o pagamento de dívidas fiscais da Tecmaia.

Partido "Juntos pelo Povo" intenta ação judicial de perda de mandato contra autarca da Maia

Em finais de janeiro, o partido Juntos Pelo Povo (JPP) apresentou queixa-crime no Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) do Porto contra três elementos da CM Maia - o presidente, o vereador e o presidente da Assembleia Municipal, Bragança Fernandes, este último agora ilibado deste processo.