País

Centenas ficam em terra devido à falta de mestres para operar os barcos da Soflusa

Centenas ficam em terra devido à falta de mestres para operar os barcos da Soflusa

Nos últimos dias, centenas de pessoas têm ficado retidas nos terminais fluviais. 

A supressão de várias ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa tem obrigado centenas de pessoas a ficar retidas nos terminais. A Soflusa explica as falhas com constrangimentos laborais, ou seja, há falta de mestres para navegar os barcos.