País

Ministro dos Negócios Estrangeiros diz que é preciso respeitar quem salva vidas

Ministro dos Negócios Estrangeiros diz que é preciso respeitar quem salva vidas

Miguel Duarte integrou uma organização de resgate humanitário e está a ser acusado de ajuda à imigração ilegal.

O jovem português e outros 9 tripulantes do navio de resgate alemão Luventa salvaram 14 mil pessoas no Mediterrâneo.São agora acusados pela justiça italiana de apoio à imigração ilegal e arriscam uma pena que pode chegar aos 20 anos de prisão.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, garante que o Governo vai apoiar o jovem português que está a ser acusado em Itália de ajuda à imigração ilegal.

A Organização Não Governamental Humans Before Borders, que pretendia angariar 10 mil euros para a defesa do estudante português, conseguiu entretanto recolher mais 25 mil euros em donativos.