País

Milhares de pessoas afetadas pela paralisação da Soflusa

Administração reúne quinta-feira com a comissão de trabalhadores.

Milhares de pessoas foram afetadas pela greve dos mestres da Soflusa que começou esta segunda-feira e dura até quarta-feira.

Os 18 mestres que garantem as ligações entre o Barreiro e Terreiro do Paço acusam a administração de não estar a cumprir o acordo que previa o aumento do prémio de chefia em 60 euros. Nenhum compareceu ao trabalho

O terminal fluvial do Terreiro do Paço esteve todo o dia encerrado, sem qualquer aviso aos passageiros de transportes alternativos.

A administração da Soflusa reúne quinta-feira com a comissão de trabalhadores, para tentar evitar mais greves.

De acordo com o sindicato, só hoje 32 mil pessoas foram afetadas.

  • Vem aí o calor...
    1:01