País

Falta de luz e combustível atrasaram transporte do ferido grave no incêndio de Vila de Rei

Falta de luz e combustível atrasaram transporte do ferido grave no incêndio de Vila de Rei

Transporte para o hospital terá demorado quatro horas.

O ferido grave do incêndio de Vila de Rei está clinicamente estável. Nesta altura, permanece internado com queimaduras de primeiro e segundo grau.

O homem deu entrada no Hospital de São José, em Lisboa já de madrugada, mais de cinco horas depois do pedido de ajuda ao INEM.