País

INEM admite que houve problemas que atrasaram transporte do ferido grave 

INEM admite que houve problemas que atrasaram transporte do ferido grave 

Incêndios fizeram 16 feridos, um deles está em estado grave. 

Paula Neto do INEM admitiu esta terça-feira que houve problemas que atrasaram o transporte do ferido grave para o hospital. O balanço das vítimas dos incêndios mantem-se igual ao de ontem, com 16 feridos, um considerado grave.