País

Ministro irrita-se com pergunta sobre Kit da Proteção Civil

Ministro da Administração Interna reage à notícia sobre a distribuição de golas antifumo fabricadas com material inflamável.

O ministro da Administração Interna diz que é "absolutamente irresponsável" desvalorizar um programa que tem um profundo envolvimento comunitário. Eduardo Cabrita acusa a imprensa de alarmismo.

O Jornal de Notícias avançou hoje que 70 mil golas antifumo fabricadas com material inflamável e sem tratamento anticarbonização, que custaram 125 mil euros, foram entregues pela proteção civil no âmbito do programa "Aldeia Segura - Pessoas Seguras".

De acordo com o jornal, as golas antifumo, fabricadas em poliéster, "não têm a eficácia que deveriam ter: evitar inalações de fumos através de um efeito de filtro".

O programa "Aldeia Segura - Pessoas Seguras" está a ser implementado desde 2018 em vários municípios e soma, segundo o jornal, 1.507 oficiais de segurança local -- a quem compete encaminhar as populações para os locais de abrigo.