País

Entre elogios e desejos de boa sorte a Elisa Ferreira, há uma voz crítica que se faz ouvir 

Entre elogios e desejos de boa sorte a Elisa Ferreira, há uma voz crítica que se faz ouvir 

Elisa Ferreira foi indicada para comissária europeia.

O ministro das Finanças considera que Elisa Ferreira tem capacidades técnicas e políticas absolutamente extraordinárias e não tem dúvidas que a nova comissária europeia estará à altura das novas funções, independentemente da pasta que lhe seja atribuída.

Carlos Moedas, atual comissário europeu português, e o líder do PSD, Rui Rio, também reconhecem que a ex-ministra é uma boa escolha. Contudo, Jerónimo de Sousa levantou questões em relação à indicação de António Costa.