País

2.200 obras de arte de Joe Berardo foram arrestadas

ANTÓNIO COTRIM

862 das obras arrestadas estão no Centro Cultural de Belém.

A Justiça já arrestou 2.200 obras de arte e quadros de Joe Berardo, sendo que 862 dessas obras fazem parte do acordo do empresário madeirense com o Estado e estão no Centro Cultural de Belém.


Durante o mês passado, foram também arrestadas obras que estavam no jardim Bacalhôa Buddha Eden, no Bombarral, e na Aliança Underground Museum, em Aveiro.


Os arrestos resultam de um processo conjunto movido por várias instituições bancárias para recuperarem uma dívida de 962 milhões de euros.


O Jornal Económico avança que a Associação Coleção Berardo, proprietária das obras de arte do empresário, foi notificada da totalidade do arresto, no dia 4 de setembro, e prepara agora a oposição à notificação até ao final da próxima semana.