País

O que disse o filho de Rosa Grilo em tribunal

Rosa Grilo e António Joaquim voltaram esta terça-feira ao Tribunal de Loures, onde estão a ser julgados pelo homicídio do triatleta Luís Grilo.

O filho de Rosa Grilo foi ouvido durante mais de três horas à porta fechada e sem a presença dos arguidos. Depois do interrogatório, o advogado confirmou que o jovem disse em tribunal ter ouvido barulhos em casa.

Renato Grilo foi o primeiro a responder às perguntas da juíza. Durante a manhã, falou também a antiga empregada do casal Grilo e a irmã do triatleta assassinado.

No rol de testemunhas chamadas pelo Ministério Público, contam-se ainda o pai de Rosa Grilo e um tio.

Tal como nas outras duas sessões, formou-se uma fila enorme de pessoas para assistir ao julgamento. Algumas esperaram mais de uma hora para poder entrar.

A última sessão ficou marcada por muitas contradições da viúva, que mantém a versão de que o marido foi morto por angolanos.