País

Ana Mendes Godinho sobe a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social

Twitter @NewsPortugali

As pastas do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social foram exercidas por José António Vieira da Silva.

O primeiro-ministro indigitado, António Costa, propôs hoje ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, Ana Mendes Godinho para o cargo de ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

A proposta de nomeação de Ana Mendes Godinho consta do portal da Presidência da República, após António Costa ter hoje entregado ao chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, a lista de nomes do XXII Governo Constitucional.

As pastas do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social foram exercidas por José António Vieira da Silva, que, a seu pedido, anunciou que não iria integrar o novo executivo.

Ana Mendes Godinho assumiu no XXI Governo Constitucional, também liderado por António Costa a pasta de secretária de Estado do Turismo.

Nas últimas eleições legislativas, Ana Mendes Godinho encabeçou a lista dos socialistas pelo círculo eleitoral da Guarda.

Lusa