País

Chefes das equipas de urgência do Garcia de Orta pedem ajuda à Ordem dos Médicos

Alertam que não conseguem assegurar a segurança dos doentes.

Os chefes de equipa de Urgência Geral e especialistas em Medicina Interna do hospital Garcia de Orta, em Almada, enviaram uma carta a pedir a intervenção da Ordem dos Médicos.

Pedem a emissão de um parecer e uma mediação efetiva para a melhoria da prestação de cuidados em contexto de urgência naquele hospital.

Recordam que, apesar de já ter sido apresentada a demissão coletiva de chefes de equipa de urgência e de terem demonstrado indisponibilidade para fazerem mais horas extraordinárias, "não houve sinais de recuo nem de melhoria".

Dizem que estão no limite da capacidade de resposta e que está altamente comprometida a segurança dos doentes e a qualidade do atendimento.