País

Rosa Grilo mostra arrependimento durante sessão em tribunal

Rosa Grilo mostra arrependimento durante sessão em tribunal

Terminou mais uma sessão de julgamento do homicídio do triatleta Luís Grilo.

A arguida Rosa Grilo mostrou-se arrependida por ter apresentado uma primeira versão dos factos diferente da que contou no primeiro interrogatório judicial.

Rosa Grilo está a ser julgada pelo homicídio do marido, Luís Grilo (morto a 15 de julho de 2018), em coautoria com o arguido António Joaquim.

O corpo de Luís Grilo foi encontrado com sinais de violência e em adiantado estado de decomposição, mais de um mês após o desaparecimento, a cerca de 160 quilómetros da sua casa, na zona de Benavila, concelho de Avis, distrito de Portalegre.

O Ministério Público (MP) atribui a António Joaquim a autoria do disparo sobre Luís Grilo, na presença de Rosa Grilo, no momento em que o triatleta dormia no quarto de hóspedes na casa do casal, na localidade de Cachoeiras, Vila Franca de Xira (distrito de Lisboa).