País

Governo vai manter linha de política externa em relação à Venezuela

Matias Delacroix

Declaração do Governo português surge após regime venezuelano exigir que Portugal reconheça Nicolás Maduro como chefe de Estado.

O Governo português vai manter a linha de política externa em relação à Venezuela. A garantia foi esta quarta-feira pelo ministro dos Negócios Estrangeiros.

Augusto Santos Silva adiantou que Portugal reconhece Nicolás Maduro como Presidente do país. Realçou, no entanto, o reconhecimento político a Juan Guaidó para eleições livres.

As declarações surgem depois do regime venezuelano ter exigido que Portugal reconheça Nicolás Maduro como chefe de Estado.

O Governo português e o Presidente da República tinham repudiado a decisão da Venezuela de suspender os voos da TAP durante três meses.

A tensão adensou-se depois do Executivo de Caracas acusar Portugal de ter permitido que o tio de Guaidó transportasse explosivos para o país num voo da companhia.

  • Espanha ultrapassa as 8 mil mortes. Quase 800 mil infetados no mundo

    Coronavírus

    Nas últimas 24 horas, Espanha registou mais 849 mortes por Covid-19, o valor mais alto num só dia desde o início da pandemia. O balanço de vítimas do novo coronavírus em território espanhol ascende agora a 94.417 infetados e 8.189 vítimas mortais. Em termos globais, há quase 800 mil pessoas infetadas e mais de 38 mil vítimas mortais. Portugal regista 140 mortes e 6.408 casos. Siga aqui ao minuto as últimas informações sobre a pandemia.

    Direto

    SIC Notícias