País

"Demitir-me nunca, agora consciência tranquila sempre tive"

A reação do presidente da câmara de Borba à acusação formal do MP que o acusa de cinco crimes de homicídio na derrocada da pedreira em 2018.

António Anselmo recusa-se a comentar as acusações que lhe são imputadas, mas garante que não vai deixar a presidência da autarquia.