País

Funeral de Valentina marcado por homenagem dos populares

O funeral da criança realizou-se no Bombarral.

O funeral de Valentina Fonseca, a criança de 9 anos encontrada morta, decorreu esta terça-feira no Bombarral.

A cerimónia foi reservada a familiares, mas muitos populares estiverem nas imediações do cemitério de S. Brás e aplaudiram no momento em que passou o carro funerário.

Durante o funeral, o pai e a madrasta de Valentina estavam a ser interrogados no Tribunal de Leiria. São suspeitos do homicídio da criança e deverão conhecer as medidas de coação esta quarta-feira.

O caso Valentina

A autópsia ao corpo de Valentina revela que a criança terá sido vítima de agressões. Valentina vivia com a mãe, mas encontrava-se em casa do pai porque tinha melhores condições para ter acesso à telescola.

A criança estava desaparecida desde quinta-feira, após denúncia do pai à GNR. Após cerca de três dias de buscas, o corpo foi encontrado numa mata na serra D'el Rei, também concelho de Peniche, coberto por arbustos.

O pai e a madrasta da menina foram detidos e são suspeitos dos crimes de homicídio qualificado - punido com uma pena que pode ir até 25 anos de prisão - e de profanação de cadáver - com pena de prisão até dois anos.