País

Noite de Santo António sem fado, sem festa e sem cheiro a sardinhas em Lisboa

Não há memória de uma noite de Santos Populares em Lisboa como a deste ano.

Lisboa acordou esta manhã sem vestígios de festa, sem fado e praticamente sem o cheiro da sardinha grelhada ontem à noite.

Lisboa teve ruas desertas, restaurantes praticamente vazios. Não houve arraiais e todos os estabecimentos foram obrigados a encerrar à meia-noite. Os comerciantes dos bairros históricos já fazem conta aos prejuízos.


  • O cartão amarelo que não se percebe 

    Opinião

    Despir a camisola aquando da celebração de um golo é proibido pelas leis de jogo. Penso que toda a gente sabe disso. Aliás, basta apenas que um qualquer jogador cubra a cabeça usando essa peça de equipamento para ser sancionado.

    Duarte Gomes