País

Prazo de matrículas no 1.º ano já terminou, renovações podem ser feitas até 12 de julho

Kacper Pempel

O esclarecimento da tutela surge no seguimento de dificuldades no acesso à plataforma online.

O prazo para as matrículas no pré-escolar e 1.º ano terminou na quarta-feira, mas as renovações de matrícula podem ser feitas até 12 de julho, esclareceu esta quinta-feira o Ministério da Educação.

O esclarecimento da tutela surge no seguimento de dificuldades no acesso à plataforma 'online' em que são feitas as inscrições, que têm vindo a ser relatadas por encarregados de educação nos últimos dois dias.

Na terça-feira, o Ministério da Educação prolongou por mais 24 horas o prazo das matrículas para os alunos do 1.º ano, devido a atrasos e problemas de funcionamento do Portal das Matrículas, que chegou a estar durante várias horas inativo.

Plataforma digital registou um "afluxo extraordinário de acessos"

Segundo o gabinete do Ministério da Educação, a plataforma digital registou um "afluxo extraordinário de acessos" na segunda-feira, véspera do prazo em que terminariam as matrículas para o pré-escolar e 1.º ano, apesar de 94% dos alunos destes anos já estarem inscritos.

"De facto, a quase totalidade dos acessos registados ontem [quarta-feira] foi já para renovações quando, neste caso, o prazo apenas termina a 12 de julho -- as renovações do 2.º ao 12.º anos decorrem de 26 de junho a 12 de julho", refere a tutela numa nota enviada à Lusa.

Na quarta-feira, o pico de transações por segundo atingiu as 90 mil, acrescenta o ministério.

O lembrete sobre o prazo para as renovações de matrícula está também em destaque no Portal das Matrículas para "dissipar eventuais dúvidas existentes, permitindo acessos mais espaçados" até ao final do período de inscrições.