País

"Isto não é bom para ninguém": Marcelo critica "indefinição de regras" da DGS para o Avante

POOL New

"Nunca pensei, a cinco dias, não conhecermos as regras do jogo".

O Presidente da República deixou este domingo duras críticas à falta de clareza das medidas da Direção-Geral da Saúde (DGS) para a organização da Festa do Avante!.

As declarações de Marcelo Rebelo de Sousa foram proferidas aos jornalistas durante uma visita a Monchique:

"Não há conhecimento atempado, não há clareza", afirmou o Presidente, considerando que tal cenário "não é bom para ninguém".

"Isto não é bom. Não é bom para o Estado. No fundo a DGS significa Estado. É uma Direção-Geral enquadrada no Estado.(...) Não é bom em geral para a credibilidade que é fundamental neste momento. Estamos no meio de uma pandemia. (...) Impunha-se que se soubessem as regras do jogo com clareza e que que se pudesse comparar com outras situações. E isso não é possível. E isso preocupa-me", concluiu Marcelo.

"Crise que envolva dissolução não existe"

Sobre as ameaças de uma crise política por parte do primeiro-ministro, Marcelo voltou a frisar que a dissolução do Parlamento não vai acontecer.

SAÍDA DE PORTUGAL DA "LISTA NEGRA" DO REINO UNIDO

Sobre a reintegração de Portugal no corredor aéreo britânico, Marcelo Rebelo de Sousa disse esperar que a decisão não seja revertida.

Marcelo reiterou ainda que não se pode relacionar os números da pandemia no Algarve com os dados a nível nacional.

  • Vamos falar de jejum: era capaz de ficar 16 horas por dia sem comer?

    País

    O jejum intermitente é um regime alimentar que impõe um período de restrição alimentar. Existem vários modelos, mas o mais conhecido é dividido em 16 horas de jejum e oito horas em que pode comer livremente. Os especialistas reconhecem benefícios nesta prática, mas afirmam que a investigação científica ainda é escassa.

    Exclusivo Online

    Filipa Traqueia