País

Três inspetores do SEF acusados de homicídio de ucraniano no aeroporto de Lisboa

Investigação da PJ revelou extrema violência.

Três inspetores do SEF foram acusados pelo Ministério Público pelo homicídio de um cidadão ucraniano no aeroporto de Lisboa em março.

De acordo com o Jornal Público, a investigação concluiu que foram as agressões do três inspetores que provocaram a morte de Ihor Homenyuk.

A vítima de 40 anos morreu a 12 de março no Centro de Instalação Temporária do aeroporto de Lisboa, dois dias depois de ter desembarcado com um visto de turista vindo da Turquia.

O SEF terá impedido a entrada do homem, que reagiu mal e não aceitou ser colocado num avião de regresso ao país de origem. Foi depois metido numa sala, isolado dos restantes passageiros, onde terá sido amarrado e agredido violentamente, até morrer.