País

Longas filas e telefonemas por atender. Profissionais pedem mais recursos nos centros de saúde

Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar deixa também um alerta para o inverno.

Longas filas de espera e telefonemas por atender são alguns dos cenários que têm sido noticiados nas últimas semanas, deixando os profissionais dos centros de saúde preocupados com a sobrecarga dos serviços. Estes problemas poderão agravar-se com o aumento do número de casos de Covid-19.

Numa carta aberta, publicada esta quinta-feira no jornal Público, a Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (ANUSF) denuncia a falta de recursos humanos e queixa-se das estruturas, que considera serem desajustadas à realidade.

A ANUSF critica também o discurso e a atuação do Governo, deixando um alerta: se nada mudar, está criada uma tempestade perfeita para o período de inverno que se aproxima.